DIFERENTES DEFINIÇÕES SOBRE A TERAPIA PRÁNICA

A Cura Pranica (Pranic Healing) é uma técnica que consiste na exploração do corpo energético(como diagnóstico). Na remoção de energia onde houver excessos e na energização onde houver deficiência. À partir da Cura Prânica (Pranic Healing) Básica se desenvolveram a Cura Prânica (Pranic Healing) Avançada, a Cura Prânica (Pranic Healing) a Distância, a Cura Pranica (Pranic Healing) com Cristais, a Auto Defesa Psíquica e Técnicas de Prosperidade. È um método rápido e eficiente para tratar desarmonias físicas, psicológicas, emocionais e espirituais.A cura prânica é uma antiga ciência e arte que foi sistematizada pelo Mestre Choa Kok Sui ,nascido na China e radicado nas Filipinas. Foi introduzida no Brasil em 1992.

A Cura Prânica (Pranic Healing) visa reequilibrar a energia vital e os chakras, canalizando o Prana, atuando no corpo bioplasmático, com conseqüências fisiológicas ou seja promovendo a cura.O corpo físico do homem se compõe de duas partes: o corpo físico visível e palpável e o corpo bioplasmático, formado por uma energia sutil e invisível.

Esses corpos se interpenetram e interagem num vínculo de troca de energia.Nos alimentamos de energia vital – também conhecida por força vital, Prana, ki, pneuma, mana, ruah – deste manancial que é o Universo nas suas manifestações naturais: ar, terra e água. Possuímos centros de captação e irradiação energéticos: os Chakras. Estes se não estão em equilíbrio não captam e desperdiçam a energia vital – Prana – necessária à nossa saúde física, mental, emocional e espiritual. Com o conhecimento do processo energético, o facilitador de Cura Prânica localiza onde há o desequilíbrio e remove o Prana deletério recolocando logo a seguir um outro puro e saudável, captado do ar, equilibrando o corpo energético e como conseqüência o físico, o mental e o emocional. É um trabalho feito com conhecimento que não encontra lugar para mistificação pela sua lógica e simplicidade. Os resultados podem ser comprovados instantaneamente ou aos poucos, dependendo do comprometimento físico e energético do paciente.

Pessoas que se encontram fracas e sem energia tendem a absorver energia Prânica daquelas que a tem em equilíbrio, por isso nos sentimos cansados e exauridos sem razão aparente quando entramos em contato com elas, pois sem sentirem (ou sentindo) agem como verdadeiros “vampiros energéticos”. A conseqüência disto é de sentirmos os sintomas doentios que as pessoas portavam ao nos contatar. É necessário termos o conhecimento de técnicas de auto-ajuda e recorrermos a profissionais que trabalhem com o equilíbrio energético, como o Curador Prânico.

Muitas vezes, também, pessoas irradiadoras de bom Prana, nos fazem sentir bem e são focos centrais de grupos de indivíduos que se beneficiam de sua força energética. Essas pessoas devem fazer visitas a doentes de todas as formas. Sendo de grande valia o aprendizado de como manipular esse manancial energético em prol das pessoas como de si próprias.

A preocupação com a ingestão de alimentos frescos e naturais corresponde ao conhecimento de que quanto mais o que ingerirmos estiver ligado à Natureza, mais energia vital estará circulando e servirá de fonte extra para nosso organismo. Os alimentos industrializados – que levam um grande período entre sua extração e sua ingestão, que passam por processos químicos de conservação e/ou altas temperaturas – são nulos energeticamente e muitas vezes no valor alimentício, servindo somente para dar a sensação de fartura física.

Os animais quando morrem perdem rapidamente sua energia vital não trazendo muito valor em termos energéticos para quem se alimenta deles. Os vegetais reservam durante algum tempo a mais essa energia, transmitindo a quem o ingere um suporte prânico aumentando a circulação no seu corpo bioplasmático que recupera possíveis perdas causadoras de doenças.

O ser humano visto como um ser único e total – como é encarado holisticamente – tem suas funções físicas, mentais, emocionais, espirituais e energéticas interligadas, influenciando umas as outras. Como consequência, as doenças são normalmente, resultado do desequilíbrio desses fatores. Equilibrando – sem essas funções evitamos o processo doentio por fatores externos ou internos. Como exemplo temos a úlcera gástrica que na maioria dos casos é causada por fatores emocionais como: estresse, medo, pressão da sociedade sem uma válvula de escape, ingestão de “sapos”, distanciamento de uma vida mais natural, etc., que enfraquecem o Chakra do plexo solar – localizado na “boca do estômago” – o que propicia a invasão de bactérias que atacam as paredes do órgão causando feridas. Neste caso todos os corpos do doente estão comprometidos, necessitando de um trabalho de conscientização para que se reverta o quadro. O tratamento com medicamentos – melhor se naturais -, o afastamento da causa externa do estresse, a mudança de postura mental diante dos problemas, o desabafo, a alimentação mais fresca, natural e balanceada, o trabalho de equilíbrio energético que a Cura Prânica fornece e a manutenção da saúde adquirida é sinônimo de permanente cura.
Com a averiguação da aura o Curador Prânico tem a possibilidade de identificar a doença que primeiro se coloca no campo áurico para depois se apresentar no corpo físico.

O Curador Prânico – também conhecido como Canalizador Prânico – se utiliza de técnicas de reconhecimento da energia vital do paciente, limpeza do campo áurico e dos Chakras, de absorção e canalização de Prana emitindo-o por intermédio de seus Chakras das mãos e dos dedos ao receptor. Utiliza o Prana branco, o colorido de uso diferenciado para cada caso, cristais, visualização, direcionamento, etc., o que o coloca apto a agir em qualquer situação apresentada, das doenças mais simples as mais complicadas.

MÁS SOBRE LA SANACIÓN PRÁNICA

El cuerpo humano está formado por un 99,99% de espacio energético y 0.01% de masa física, es decir que si se pudiera compactarlo quedaría reducido a una partícula microscópica.

Pero dentro de este espacio tan grande se mueven en forma casi caótica, para nuestro entender actual, los electrones y demás partículas subatómicas alrededor del protón o núcleo, produciendo cargas energéticas dentro de nuestro cuerpo.

Todo lo que existe en el Universo es energía y por lo tanto nuestras partículas subatómicas (más pequeñas que un átomo) están en estrecha interrelación con la energía del cosmos.

Estos electrones constituyentes de cualquier átomo, están en permanente movimiento, saltando de una órbita inferior a otra superior, absorbiendo energía en este caso y volviendo luego a su órbita inferior desprendiéndose en ese momento de la energía que antes había tomado para desplazarse a una distancia más lejana que su posición original, ahora el producto de esta acción es un fotón (energía en forma de luz), quizás podría ser esta la luz de distintos colores que se observan cuando realizamos una foto Kirlian.

Cuando existe alguna perturbación en la circulación energética, es decir un bloqueo, el electrón en lugar de saltar a una órbita que le corresponde va a otra distinta y esto le obliga a efectuar un desgaste mayor, afectando a las moléculas, células, órganos o sistemas del cuerpo humano, que por ello van a presentar primero alteraciones de tipo energético, emocional, luego funcional (etapa en la que aunque realicemos pruebas de laboratorio, radiografías, resonancias magnéticas, ecografías, etc. no se comprueba nada anormal) y finalmente la etapa cuando aparecen las lesiones, donde sí se pueden ver anomalías con cualquiera de los métodos anteriormente mencionados.

Lógicamente que llegar a esta última etapa no es precisamente un merito del médico, pues debió haber previsto la forma de evitarla.

Si el cuerpo etéreo o aura sufre alteraciones, estas se manifestarán luego en el cuerpo físico en forma de enfermedades, primero emocionales, luego funcionales y finalmente en forma de lesiones.

Los trastornos energéticos del aura se presentan algunas veces hasta 5 años o más antes de la aparición de las mismas en el organismo, por lo tanto ya estamos vislumbrando la importancia de la limpieza y activación de la energía de este cuerpo vibracional para evitar con la antelación debida la instalación de la enfermedad.

La Pranoterapia se puede incluir dentro de las medicinas bioenergéticas o vibracionales, pues justamente está transmitiendo energía biomagnética a través de las manos del pranoterapeuta, que la está tomando a su vez del medio ambiente que nos rodea, para tratar de restablecer el flujo energético norml en el cuerpo citoplasmático o sutil o aura primero, para que luego a través de la ley de la correspondencia , actúe sobre el cuerpo físico, logrando de esta forma tan sencilla y compleja al mismo tiempo , sanar al paciente.

Pranoterapia quiere decir, tratamiento o terapia con el prana.

El prana para los yoguis, chi para los chinos, ka para los egipcios, es la energía universal que proviene del aire , del sol, de la tierra y del cosmos, es también la energía vital del genio de la homeopatía Cristian Samuel Federico Hahnemann, es la que utilizamos en la Pranoterapia para la Sanación, actuando el pranoterapeuta como un canal, transmitiendo esta bioenergía Pránica, mediante una técnica ancestral, a través de los chacras de la persona.

Los chacras son vórtices, o remolinos por donde se absorben energías superiores o prana, para luego transmutarlas en octavas inferiores o sea en vibraciones energéticas más bajas, para que el organismo las pueda utilizar, realizando cambios fisiológicos y hormonales en el cuerpo físico. No obstante, si tenemos bloqueos energéticos en el recorrido de los nadis, va a estar perturbado el normal flujo o recorrido de la bioenergía a través del organismo.

Los nadis forman una delgada trama sutil, se estima que existen alrededor de 72.000 canales o nadis, que se desarrollan y entretejen como una red, como filamentos invisibles alrededor del sistema nervioso físico y que debido a su íntima interconexión con éste, afectan a la calidad de la transmisión de los impulsos nerviosos en los sistemas cerebral, espinal y periférico.

Luego de un período de moderno oscurantismo, producto de una exagerada y monopólica valorización de lo científico, ver para creer, por suerte y gracias a Dios, y a las jerarquías espirituales que el ser humano se está volcando minuto a minuto, cada vez más hacia estas ciencias milenarias, que conocidas en la antigüedad, tuvieron que permanecer en un estado de inacción, para la mayoría de la humanidad.

Cada vez son más los pacientes que me consultan sobre este tema, para adoptarlo como única terapia, o de apoyo a tratamientos oficiales alopáticos o alternativos, la práctica de la Pranoterapia, no implica de ninguna forma, el abandono del médico tratante, sino que por el contrario, puede ayudar a agilizar y magnificar el proceso de curación, sumar y no restar es la mejor indicación de esta era de iluminación, donde por fin pueden unirse, elaboradas técnicas quirúrgicas y sofisticados métodos de diagnostico, al mismo tiempo, con los tratamientos vibracionales y la Pranoterapia, que a mi modo de ver se está perfilando como uno de los pilares bioenergéticos actuales, digo así, no por su edad cronológica, ya que viene desde la noche de los tiempos, sino por su uso de hoy día, como terapia preventiva y sanadora.

Recordemos y esto lo vamos a seguir explicando en sucesivas notas, que nuestro cuerpo está compuesto de un cuerpo físico que es el que vemos y tocamos, pero también tiene otros cuerpos como ser: etéreo o sutil o citoplasmático o aura, astral, mental instintivo, intelectual, espiritual y finalmente el cuerpo causal, asiento de nuestro cuerpo físico.

A CURA PRÂNICA
por Valéria Rocha
Curadora Prânica de Búzios
Estudiosa e admiradora de Mestre Choa Kok Sui

Nossa intuição sempre apontou a existência de algo além do que nossos olhos podiam perceber.
Existem variados caminhos para aprimorarmos nossos sentidos e atingirmos um nível mais elevado de consciência.

A Cura Prânica é um destes caminhos e não precisamos abrir mão de nosso pensamento racional ou mundo real para segui-lo. Aliás ,ao contrário , ele poderá ajuda-lo no seu dia a dia. Não apenas no que diz respeito a saúde física e emocional , combatendo doenças, stress, depressão, insônia, vícios, mas também ajudando na materialização de objetivos, aumentando a concentração, facilitando o aprendizado.

Bem, mas o que é a Cura Prânica?

A Cura Prânica é uma forma de tratamento de origem oriental milenar que utiliza prana para nos trazer equilíbrio.
E o que vem a ser prana? Prana palavra sânscrita para sopro de vida,é a energia vital presente em todos os planos, é invisível, não tem aroma, peso, som e sabor. Algo abstrato e concreto ao mesmo tempo.

Master Choa Kok Sui, após anos de estudos, pesquisas e experimentações, sistematizou de forma clara e simples os procedimentos de cura e prevenção. Aprendemos a sensibilizar nossas mãos para perceber e conduzir essa energia que entra e se armazena no corpo pelos Chakras (do sânscrito roda ). São pequenos redemoinhos coloridos distribuídos principalmente entre o lato da cabeça e a base da coluna, que regulam a entrada e saída de força vital.

Cada Chakra está relacionado não apenas aos órgãos e funções do organismo, mas também regem as emoções e fazem a ligação com o mundo espiritual.Quando em equilíbrio, esses centros permitem que a energia flua de modo saudável, enfraquecidos ou superativados podem causar bloqueios, dificuldades, perda de saúde e imunidade. A Cura Prânica ajuda o sistema de energia do corpo a normalizar-se de modo que o próprio corpo possa curar a si mesmo. Por trabalhar com a pessoa como um todo , e ir diretamente a origem das doenças, a Cura Prânica funciona bem tanto na prevenção delas como num complemento para a medicina tradicional.

Somos todos capazes de aprender e praticar a Cura Prânica?

Sim, a técnica desenvolvida pelo Mestre Choa Kok Sui é simples.

Com o corpo composto de 70% de água, que é um ótimo condutor de eletricidade, somos todos naturalmente capazes de sintonizar e transmitir energia sutil pelo chakras das mãos.

Como é uma sessão de Cura Prânica?

Em uma sessão de Cura Prânica o paciente fica sentado, deitado ou em pé, dependendo da parte do corpo a ser trabalhada, o terapeuta mantém sempre as mãos a uma certa distancia de quem recebe cura. Primeiramente ele avalia quais chakras estão desequilibrados, para depois fazer uma limpeza e harmonização doando prana conforme necessário .Os curadores mais experientes são capazes de curar a distancia e manipular maior variedade de energia sutil.

O trabalho de Master Choa Kok Sui não se restringe ao desenvolvimento de técnicas de cura. Grande estudioso de antigas práticas e filosofias hinduístas, chinesas tibetanas e egípcias,aprofundou suas pesquisas nos ensinamentos ocultos de Cristo, da Cabala ,do sufismo e alquimia.

Master Choa nos ajuda a conectarmos mais diversos saberes e perceber sua natureza comum.A essência espiritual do homem supera o sectarismo das religiões. Por meio de reflexões e meditações descobrimos a divindade dentro de cada um de nós.

Partes da mesma suprema energia criadora do Universo, temos de vivenciar harmonia não somente com a paz entre os povos mas na superação dos pequenos obstáculos no cotidiano.

Valéria Rocha
Curadora Prânica de Búzios
Estudiosa e admiradora do Mestre Choa Kok Sui