fbpx

Texto de Raluca Mocrei

Há muita literatura por aí dizendo o que evitar fazer quando você está com raiva, como ser violento ou tomar decisões importantes. Mas há alguns aspectos adicionais a isso.

1.Não deseje que coisas ruins aconteçam com as pessoas de quem você está com raiva.

 

O que você deseja para o outro, você traz para si mesmo.

Quando você está com raiva, o plexo solar se torna hiperativo.

Dependendo da intensidade de sua raiva, ela pode se tornar tão grande que afetará negativamente outros chakras, incluindo a garganta.

Em outras palavras, sua raiva fará com que você perca a capacidade de pensar direito.

Ficar com raiva muitas vezes vem com uma sensação de direito de prejudicar as outras partes envolvidas.

Em muitas culturas existem palavrões incluindo tais desejos negativos – que são usados comumente e sem discernimento. No entanto, como energias semelhantes atraem semelhantes, então quando você deseja que certas coisas aconteçam a outra, você mesmo se torna um ímã para elas.

Além disso, pela lei do karma, você tem o direito de receber aquilo que enviou ao mundo. Isso realmente vale a pena quando você sabe que está criando um carma negativo para si mesmo?

2. Não imagine fazer coisas terríveis para os outros.

 

Embora isso possa parecer uma coisa inofensiva porque você não está operando no mundo material, isso tem consequências.

Na verdade, constitui o que é chamado de tipo comum de ataque psíquico.

 Prejudica a outra pessoa mais do que você pode imaginar e faz com que você tenha o direito de receber o mesmo tratamento.

Quanto mais energia emocional alimentar sua visualização, mais provável será que ela tenha efeitos materiais.

Se você já fez isso e deseja fazer algo de bom para essa pessoa, você pode visualizá-la e abençoá-la com tudo o que ela precisa.

3. Não use seus entes queridos (cônjuge/filhos) como uma lata de lixo para suas emoções negativas.

Isso significa não atacá-los ou maltratá-los quando você não consegue gerenciar suas emoções negativas.

Isso acontece com frequência. Se nenhum dos parceiros usar seu discernimento e continuar engajado nesse comportamento, a longo prazo isso destruirá o relacionamento. Se você está acostumado ou tentado a fazer isso, coloque-se no lugar da outra pessoa. Qual é a sensação de estar na extremidade receptora deste tratamento?

É justo?

Vale a pena?

Suas emoções são suas para lidar. Isso é válido para todos.

4. Não culpe os outros por como você está se sentindo.

 

Você não está com raiva porque alguém fez algo, mas pelo significado que você dá a essa ação. Esse processo é chamado de autoconsciência.

Quando você começar a ter uma emoção negativa, mude seu foco para o pensamento que criou para fazer essa emoção surgir. As emoções são sempre causadas por pensamentos, sejam conscientes ou subconscientes. Você é o criador de seus pensamentos. Assuma o controle de suas próprias emoções. Se você se sentir sobrecarregado, procure ajuda. Pode ser um médico ou um Pranic Healer ou qualquer modalidade com a qual você se sinta confortável.

5. Não finja que não está sentindo.

Não o enfie para debaixo do tapete. Se você fizer isso, continuará atraindo pessoas e situações que o ajudam a vir à tona.

“Se você espremer uma laranja, sairá suco de laranja.” – Wayne W. Dyer

Sentir emoções negativas pode parecer assustador, especialmente se você nunca foi ensinado a gerenciá-las. No entanto, se você os mantiver escondidos de sua consciência no subconsciente, eles farão tudo ao seu alcance para vir à tona para que você os reconheça.

 Eles afetarão negativamente sua saúde física e atrairão circunstâncias que permitirão que eles se manifestem.

 Se você tem raiva em seu sistema, isso significa que você atrairá coisas que “o deixarão” com raiva. Você pode usar esta afirmação por 60 dias para facilitar o processo: “é seguro para mim sentir todas as minhas emoções, incluindo raiva”. Se você está procurando uma maneira segura de liberar a raiva, bater no travesseiro é um exemplo. Apenas certifique-se de não usar o travesseiro como um símbolo para outras pessoas ou para você mesmo.

Temos um ou muitos desses pontos que podem nos desencadear. Se você tem medos ou desafios quando se trata de lidar com a raiva, existem medidas que podem ser tomadas para resolver e reduzir o problema.

Texto traduzido com a autorização do pranaworld.net

Fique por dentro!

 

Proximos Cursos:

09Jul(Jul 9)09:0010(Jul 10)18:00Curso de Cura Prânica Básico em Cuiabá/MT Organizado: Golden Prana Mato Grosso Informações e Inscrições (Geovane Tolazzi)

15JulDia inteiro16Curso Avançado de Cura Prânica - Cuiabá MT Organizado: Golden Prana Mato Grosso Informações e Inscrições

16JulDia inteiro17OM MANI PADME HUM Online - BrasilMaster Nona Castro Organizado: Golden Prana Brasil Inscreva-se JáMais Informações

16SetDia inteiroCurso Avançado de Cura Prânica - Porto Alegre RS Organizado: Golden Prana Búzios Informações e Inscrições

17SetDia inteiroCurso Psicoterapia Prânica - Porto Alegre RS Organizado: Golden Prana Porto Alegre Informações e Inscrições

18Set09:4209:42Curso de Cura Prânica com Cristais - Porto Alegre RSInformações (Milena)

Clique Aqui e Veja nossa Agenda Completa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X